quarta-feira, 4 de abril de 2012

O Caso Gobern

Os festejos de João Gobern pelo golo do Benfica frente ao Sp.braga em pleno programa Zona Mista fazem voltar á baila o tema da imparcialidade/parcialidade jornalistíca.

A questão, na minha opinião, tem mais a ver com situações comportamentais e não propriamente a ver com a preferência clubística. Por azar, todo o mundo viu o gesto de Gobern porque a câmara apanhou-o naquele exacto momento. Todos já conheciamos as preferências clubísticas do comentador em causa e as suas opiniões mostravam claramente uma tendência. Quando se trata de clubes e partidos é complicado não "opinar" para o seu lado preferencial. É a coisa mais normal do mundo e em democracia também se deve admitir estas situações, pelo que é sempre preferível optar pelo direito ao contraditório neste tipo de programas.

Não é o caso do Zona Mista, onde os dois comentadores fazem opiniões saudáveis e inteligentes, mostrando pouco as cores que defendem. Gobern mostra mais do que Bruno Prata, que parece ser um afecto ao FCP.

Se fosse por questões clubísticas, Luis Freitas Lobo já teria sido despedido da Sporttv por estar constantemente a elogiar o seu clube do coração : O Sp.Braga.


Sem comentários:

Enviar um comentário